Técnico quer explicação de Robinho por viagem sem permissão

'Robinho saiu sem permissão, ele alegou que havia coisas pessoais que ele precisava resolver', diz o técnico

Martyn Herman, REUTERS

22 de janeiro de 2009 | 15h53

O atacante Robinho terá uma conversa com o técnico do Manchester City, Mark Hughes, na próxima semana, após o clube confirmar que o jogador viajou para o Brasil sem permissão. Veja também:Ameaçado de multa, Robinho diz que é feliz no CityNa terça-feira, Robinho deixou o campo de treinamento do City em Tenerife, Espanha, poucas horas depois da oferta de seu clube pelo jogador Kaká, do AC Milan, ter sido recusada. "Robinho saiu sem permissão, ele alegou que havia coisas pessoais que ele precisava resolver", disse Hughes na página do clube na Internet."Ele tomou a decisão de deixar o treinamento e voltar para o Brasil. Isto não teve minha permissão, e a situação no momento não é muito prática para trazê-lo de volta, com o fuso-horário e a duração dos vôos", acrescentou Hughes. "Quando ele voltar, vou sentar com ele e esclarecer meus sentimentos. Vamos tomar algumas decisões depois do que aconteceu", acrescentou Hughes, que disse esperar Robinho de volta ao treino na próxima semana.  "Ele entende que precisamos acertar isto, e nós vamos. Depois seguiremos em frente". Segundo o site do jogador, Robinho estava em Santos e irá retornar para Manchester nos próximos dias após resolver problemas familiares.  "Eu tenho uma boa relação com o técnico Mark Hughes e sempre respeitei suas decisões. Ele é o chefe", disse o atacante, de 24 anos, no site: http://www.robinhoofficial.com/. Robinho teve um início bem-sucedido no City desde sua transferência do Real Madrid, em agosto, mas seu retorno ao Brasil aumentou a especulação da mídia sobre seu futuro no clube inglês. Hughes negou que a decisão de Robinho de voltar ao Brasil tenha alguma relação com o fracasso do clube na contratação de Kaká. "As pessoas estão tentando causar problemas insinuando que os dois casos tenham ligação", disse Hughes.

Tudo o que sabemos sobre:
RobinhoMark HughesManchester City

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.