Stephan Savaio/AP
Stephan Savaio/AP

Técnico rival afirma que Felipão fez muito por Portugal

Atual treinador do Brasil é o recordista de permanência dirigindo a seleção de Portugal

GONÇALO JUNIOR, Agência Estado

09 de setembro de 2013 | 17h29

BOSTON - O técnico de Portugal, Paulo Bento, fez vários elogios ao treinador da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, em Boston, nos Estados Unidos.  As duas equipes vão se enfrentar nesta terça em um amistoso no Gillette Stadium."O que eu posso dizer, estando do outro lado hoje, competindo pela primeira vez contra ele, é que como português sou muito grato", disse o técnico português. Felipão detém o recorde de permanência no cargo de treinador ao dirigir Portugal entre 2003 e 2008.

As principais conquistas do brasileiro pela seleção portuguesa foram foi o vice-campeonato da Eurocopa de 2004 e as semifinais da Copa do Mundo de 2006. "Eu ouço de alguns iluminados a sensação de que ele fez pouco pelo futebol português. Mas ele fez o contrário, ele fez muito, os portugueses deveriam estar agradecidos."

Nos confrontos com o Brasil, dirigindo Portugal, Felipão leva vantagem nos três jogos. Em abril de 2002, empate por 1 a 1. No segundo duelo, no dia 29 de março de 2003, a equipe lusa derrotou o Brasil, então comandado por Carlos Alberto Parreira, hoje coordenador da equipe nacional, por 2 a 1, no Estádio das Antas. Em 2007, triunfo do time de Felipão por 2 a 0 no time canarinho, que tinha o ex-jogador Dunga como comandante.

"Os jogadores que estiveram com ele são gratos, vão cumprimentá-los da melhor maneira possível, de uma forma efusiva, porque com ele conseguimos os melhores resultados", disse Paulo Bento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.