Técnico será avaliado por junta médica

Uma junta médica deverá se reunir nesta segunda-feira para estudar os próximos passos a serem adotados no tratamento do técnico Luis Fernando Montoya - internado em Medellín desde quarta-feira depois de ser atingido por dois tiros durante um assalto. De acordo com o boletim médico divulgado neste domingo, o quadro clínico do treinador é crítico e inspira cuidados. "A condição de Montoya não se alterou e seu estado de saúde continua sendo crítico. Ele segue respirando com a ajuda de aparelhos e sua condição neurológica não apresenta evolução?, informa o boletim médico.Montoya, 47 anos, que levou o Once Caldas ao título da Libertadores este ano e perdeu nos pênaltis a Copa Intercontinental para o Porto, foi ferido próximo à sua casa quando tentava evitar um assalto à sua mulher, Adriana Herrera, que havia retirado dinheiro num caixa eletrônico. Ele levou dois tiros no pescoço e, segundo os médicos, ficará tetraplégico se sobreviver aos ferimentos.Dois homens e duas mulheres foram presos acusados de participação no assalto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.