Técnico Sérgio Soares deixa o comando do Atlético-PR

O treinador chegou ao clube em novembro para substituir Paulo César Carpegiani

AE, Agência Estado

03 de fevereiro de 2011 | 17h40

Após três derrotas em seis rodadas do Campeonato Paranaense, o treinador Sérgio Soares não é mais o comandante do Atlético-PR. Ele caiu depois de mais um revés na competição estadual: 2 a 0 para o vice-lanterna Cascavel, na noite de quarta-feira.

Sérgio Soares não chegou a completar três meses no cargo. Ele foi contratado em novembro de 2010, depois da ida de Paulo César Carpegiani para o São Paulo, totalizando apenas 17 jogos, sendo oito vitórias, três empates e seis derrotas.

"Agradeço a oportunidade da diretoria e desejo boa sorte ao Atlético-PR", declarou o treinador, por meio da sua assessoria. A nota afirma que Sérgio Soares e a diretoria atleticana se reuniram no início da tarde desta quinta-feira, quando foi tomada a decisão de que o técnico se desligaria da equipe.

Sérgio Soares deixa o Atlético-PR na sexta colocação do Campeonato Paranaense, com nove pontos, a seis do líder Cianorte. No domingo, o time faz o clássico dos desesperados contra o Paraná, lanterna do torneio, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-PRSérgio Soares

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.