Técnico tenta animar o time do Marília

A derrota para o Avaí, por 1 a 0, domingo, em Florianópolis, caiu como uma ducha de água fria no Marília. Dirigentes, jogadores e torcedores reconhecem que agora ficou muito difícil para o time chegar ao quadrangular final do Campeonato Brasileiro da Série B. O técnico Luís Carlos Martins, porém, garante: "No futebol, nada é impossível".Mas para se classificar, o Marília teria que vencer seus próximos três jogos, dois deles em seu estádio. Na sexta-feira, recebe o próprio Avaí. Depois, no dia 23, pega o Náutico novamente em casa e no dia 30, encerra sua participação no contra o Bahia, na Fonte Nova, em Salvador. O Marília é lanterna do grupo B com apenas um ponto, ao lado do Náutico. O Bahia lidera com nove e o Avaí é vice-líder com seis. A partir desta terça-feira, Luís Carlos Martins tentará reanimar os jogadores. E o time pode sofrer mudanças, para ficar mais ofensivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.