Técnico Tite faz mistério no São Caetano

Na tentativa de dificultar as ações do adversário, o técnico Tite, do São Caetano, preferiu prolongar até momentos antes do jogo as suas dúvidas no time para enfrentar o Goiás, domingo, às 17 horas, no estádio Anacleto Campanella. Acreditando que a vitória poderá ser definida em detalhes, o técnico acredita que o mistério faz parte do jogo."O básico de todos os times que participam do Campeonato Brasileiro é de conhecimento público. Mas um posicionamento, uma mudança de escalação, às vezes, pode ser decisiva. Então acho válido levar estas dúvidas até o final, embora já tenha tudo bem claro na minha cabeça", explicou o técnico do Azulão, que passou a semana toda alertando seus jogadores sobre a força do Goiás, que também ainda briga por uma vaga na próxima Taça Libertadores da América.Com a ausência de Adhemar, suspenso por dois jogos devido a expulsão diante do Santos, há várias alternativas para escalar o companheiro de Somália no ataque. A mais simples e a entrada de outro atacante: Warley. Ele já foi titular do time alguns jogos, marcou três gols e perdeu a vaga por sua irregularidade. É uma opção de velocidade, principalmente, para o segundo tempo.Outra alternativa é o avanço do meia Marcinho, que atuou muitas vezes como segundo atacante. Mesmo como meia, ele é o principal artilheiro do time com 13 gols. Se ele for escolhido, Capixaba entra no meio campo. Outra opção é a entrada de Anaílson, meia ofensivo que está voltando ao time depois de ficar 40 dias afastado por causa de uma lesão no pubis.Mineiro deve retomar a vaga na ala direita, embora Marlon tenha atuado na goleada de 4 a 1 sobre o Bahia, na última rodada. O time tem 68 pontos, em sexto lugar, e vem de duas vitórias seguidas - antes do Bahia venceu o Guarani, em Campinas, por 1 a 0. É a primeira vez que o Goiás atuará em São Caetano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.