Técnico Vágner Benazzi chega ao Paysandu para o lugar de Arturzinho

Troca de comando tenta fazer o time sair da zona de rebaixamento para a Série C

AE, Agência Estado

19 de setembro de 2013 | 22h09

BELÉM - O Paysandu confirmou no início da noite desta quinta-feira que Vágner Benazzi é o novo técnico do time para sequência do Campeonato Brasileiro da Série B. Ele chega para o lugar de Arturzinho, que saiu após a derrota para o Paraná por 3 a 1, em Curitiba, na última terça. O treinador deve chegar na manhã desta sexta, em Belém, para assinar contrato e já iniciar os trabalhos no comando do clube. Vai estrear contra o Atlético Goianiense, neste sábado, na capital paraense, pela 24.ª rodada.

Vágner Benazzi chega com a mesma missão que ele tinha em 2004, quando trabalhou no Paysandu: livrar o time do rebaixamento. Naquele ano, ele conseguiu tirar o time da queda no Brasileirão. Agora, a missão é parecida, mas na Série B. No momento, o time paraense está na vice-lanterna, com apenas 23 pontos. O desempenho em 23 partidas é de seis vitórias, cinco empates e 12 derrotas.

Conhecido por livrar times do rebaixamento, neste ano já salvou o Atlético Sorocaba no Campeonato Paulista. No ano passado já tinha salvo o Botafogo, de Ribeirão Preto, de queda no Paulistão e o Bragantino na Série B. Até a última quarta estava no Bragantino, onde deixou o time em 11.º lugar, com 30 pontos. "Estou acostumado a livrar times do rebaixamento. Esta será mais uma missão", comentou o treinador.

Vágner Benazzi tem no currículo passagens por diversas clubes do futebol brasileiro como Ponte Preta, Vitória, Bahia, Portuguesa, Joinville, Fortaleza, Figueirense, Avaí, entre outros clubes do interior paulista, onde é conhecido como um dos "Reis do Acesso". E em termos nacionais já levou Figueirense e Gama da Série B para a Série A do Brasileiro.

Mais conteúdo sobre:
futebolPaysanduVágner Benazzi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.