Ernesto Rodrigues/AE
Ernesto Rodrigues/AE

Técnico Vanderlei Luxemburgo anuncia saída do Palmeiras

Treinador anuncia em seu blog que foi demitido pela diretoria do clube paulista por quebra de hierarquia

27 de junho de 2009 | 01h13

Vanderlei Luxemburgo não é mais técnico do Palmeiras. Em seu blog pessoal na internet, o treinador anunciou no início da madrugada deste sábado que foi demitido do clube por quebra de hierarquia.

Veja também:

link Palmeiras confirma demissão de Vanderlei Luxemburgo

link Jorginho comanda treino do Palmeiras antes do clássico

link Luxemburgo diz que Keirrison não joga mais pelo Palmeiras

link Barça negocia compra de Keirrison e ele não joga clássico

especial Mercado: as transferências dos times

especial MASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especial Visite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela / tabela Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Foi quando eu declarei que por falta de profissionalismo e de respeito a mim e ao elenco por parte do atleta Keirrison, que ele, comigo como técnico, não jogaria mais no Palmeiras", afirmou.

Luxemburgo havia ficado irritado com a forma como está sendo conduzida a negociação do jovem atacante para o Barcelona. Ele está prestes a se transferir ao time espanhol por R$ 42 milhões.

"Quero registrar meu agradecimento pela oportunidade que tive em dirigir mais uma vez o clube", destacou o técnico em seu blog.

IRRITAÇÃO

Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira, Luxemburgo havia se mostrado insatisfeito por ter sido informado por um amigo de que Keirrison estava muito perto do futebol europeu.

"Ele não veio falar comigo, não apareceu para treinar", reclamou o treinador. "Eu segurei a onda dele (quando a torcida passou a vaiá-lo), e ele faltou com respeito comigo e seus companheiros. Agora que (a negociação) se concretize. Se não acertar lá, não joga mais comigo", disparou.

Luxemburgo tinha a promessa de J.Hawilla, o homem forte da Traffic, de que Keirrison ficaria no clube até o meio de 2010.

PRESIDENTE

Após o anúncio da demissão, o presidente do Palmeiras, Luiz Gonzaga Belluzzo, confirmou que não gostou da declaração de Luxemburgo sobre a negociação de Keirrison. "Ninguém está acima da instituição", afirmou, em entrevista concedida à rádio CBN.

O clube do Palestra Itália ainda não definiu quem será o novo treinador. No clássico de domingo contra o Santos, Jorginho, comandante do time B do Palmeiras, terá a missão de escalar a equipe e ficar no banco de reservas

Leia na íntegra a nota de Luxemburgo:

Acabei de sair de uma reunião onde fui demitido do cargo de técnico da Sociedade Esportiva Palmeiras. O motivo alegado pela diretoria foi por eu ter quebrado a hierarquia do clube. Foi quando eu declarei que por falta de profissionalismo e de respeito a mim e ao elenco por parte do atleta Keirrison, que ele, comigo como técnico, não jogaria mais no Palmeiras.

Quero registrar meu agradecimento pela oportunidade que tive em dirigir mais uma vez o clube, e em breve, farei aqui, no meu blog, uma análise da minha trajetória no SEP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.