Técnicos definem times para dérbi

Os técnicos de Guarani e Ponte Preta, respectivamente, Jair Picerni e Nenê Santana, vão ter a chance de definir seus times para o dérbi campineiro marcado para domingo, às 18 horas, no estádio Brinco de Ouro. Ambos comandarão coletivos nesta sexta-feira à tarde, quando devem dirimir suas últimas dúvidas apesar da promessa de manter o mistério até momentos antes do clássico de número 179. Na estância hidromineral de Serra Negra o Guarani realizou treinos em dois períodos nesta quinta-feira. Físicos e técnicos foram priorizados, com o técnico Jair Picerni preferindo deixar o coletivo final para esta sexta-feira à tarde no gramado do Brinco. O departamento médico liberou os meias Harison e Valdeir, ambos recuperados de lesões musculares, deixando Picerni à vontade para definir o time com apenas Marcos Paulo como volante ao lado de três meias: Harison, Valdeir e Aílton. Desta forma, o time estaria praticamente definido. A Ponte Preta resolveu brincar de esconde-esconde com a imprensa. Desde cedo mudou o local do coletivo da tarde por três vezes. Inicialmente seria realizado na cidade de Itatiba, depois passou para Morungaba mas acabou acontecendo na cidade de Paulínia, no campo do Morumbi. Mesmo assim mais cedo, a partir das 15 horas, evitando a presença de jornalistas ou curiosos. Mas o técnico Nenê Santana já sabe que terá dois desfalques: o lateral-esquerdo Bill e o zagueiro Alexandre, vetados pelo departamento médico. Com o que sobrou, Santana preferiu armar o time com três zagueiros natos: Gustavo, Rafael Santos e Luís Carlos, que volta de suspensão automática. Assim manteve Marcus Vinícius como volante, evitando sua improvisação na defesa. Mas optou pela improvisação de Luciano Baiano na ala-esquerda. No ataque, pode ser formada a dupla Alecsandro e Júlio César. O time também fará seu último coletivo nesta sexta-feira no Majestoso, mas com portões abertos. No sábado à tarde fará um recreativo aberto para o público.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.