Técnicos fazem mistério para o Come-Fogo

Após o empate sem gols no jogo-treino contra o Jacareí, no Vale do Paraíba, na tarde de terça-feira, o técnico do Botafogo, Roberto Fonseca, só pensa no clássico, domingo, contra o rival Comercial. Embora diga que não fará mistério, ele avisa. ?Não costumo passar o time antes do dia da partida, ainda mais perto do inimigo." No Comercial, o técnico Pinho teve que dividir os 27 jogadores em time A (para a Série C do Campeonato Brasileiro) e B (para a seqüência da Copa Estado de São Paulo). Nesta sexta-feira, fora de casa, a equipe enfrenta o Sertãozinho pela Copa Estado. ?A divisão dos times ocorre mais para a torcida e para a imprensa, mas o time é um só", diz Pinho, que, apesar do clima de Come-Fogo, avisa. ?Nem me preocupei com o Botafogo, pois cada jogo é uma história diferente." Pinho não teve como avaliar o adversário ribeirão-pretano, que não joga oficialmente desde o início de abril, mas isso não lhe causa surpresa. ?Conheço a maior parte dos jogadores do Botafogo." Roberto Fonseca não revela a escalação do Botafogo. ?Mas minha cabeça está definida."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.