Técnicos fazem mistério por nada

Os técnicos Wanderley Luxemburgo e Geninho protagonizaram a pior cena de hoje no Morumbi, pouco antes do jogo entre Santos e Corinthians, pelas semifinais do Campeonato Paulista - vencida pelo Corinthians por 2 a 1. Para manter o mistério sobre a escalação das respectivas equipes que começariam jogando, alimentado durante toda a semana, eles decidiram não fornecer a lista oficial com o nome dos atletas, tradicionalmente divulgada uma hora antes da partida.A razão de tanto esconde-esconde era a entrada dos atacantes Deivid (Santos) e Paulo Nunes (Corinthians). Os treinadores apostavam que a estratégia complicaria o sistema defensivo adversário. No entanto, o desempenho abaixo da expectativa de ambos dentro do campo demonstrou que a ?guerrinha? de bastidores não fez diferença.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.