Teixeira decide permanecer no Japão

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, gostou tanto da atuação da seleção contra Camarões, na manhã de quinta-feira, que resolveu adiar a volta para o Brasil. Ele ficou de assistir neste sábado ao jogo com o Canadá e depois decidir a data de sua viagem. Teixeira informou que a seleção terá duas semanas para treinar antes dos próximos quatro jogos das eliminatórias: com Uruguai, Paraguai, Argentina e Chile.

Agencia Estado,

01 de junho de 2001 | 11h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.