Teixeira não convence, diz deputado

O deputado Eduardo Campos (PSB-PE) disse que o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, "sai deste depoimento com a sua imagem arranhada". Campos disse que Teixeira não convenceu ao explicar uma série de empréstimos tomado do exterior e que totalizam US$ 15 milhões. "Essas taxas são praticadas no mercado internacional conforme atesta a Bloomberg", justificou Ricardo Teixeira. Durante os seus depoimentos o presidente da CBF admitiu que a partir de agora a CBF terá de fazer licitação quando for contratar agências de publicidade. "O contrato com a Traffic está por terminar e ao seu final a CBF poderá procurar outras empresas", admitiu Ricardo Teixeira. Ele também admitiu a necessidade de rever a relação que a CBF mantêm com as federações estaduais de futebol.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.