JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

'Temos de assumir que foi um fracasso', diz Aguirre após eliminação

São Paulo caiu na Copa do Brasil após empatar com o Atlético-PR por 2 a 2 no Morumbi

O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2018 | 22h44

O técnico Diego Aguirre estava visivelmente abatido e cabisbaixo após o empate por 2 a 2 com o Atlético Paranaense que tirou o São Paulo da Copa do Brasil na noite desta quinta-feira (o jogo de ida foi 2 a 1 para o time paranaense). Por causa da eliminação, o treinador evitou falar de "coisas boas".

+ 'É inadmissível levar 2 gols após conseguir a vantagem', diz Jucilei

+ TEMPO REAL: Confira como foi o jogo no Morumbi

"Eu não posso falar de coisas boas do time. Eu queria classificar. Eu falaria de coisas boas se tivéssemos conseguido a classificação. Temos de assumir que foi um fracasso a eliminação", afirmou o treinador.

"Somos um time grande, que tem de brigar por coisas importantes. Temos de pegar essa responsabilidade e ir à frente. Domingo tem Campeonato Brasileiro, temos a Copa Sul-Americana", afirmou o treinador, referindo-se à partida contra o Ceará em Fortaleza.

Para o treinador, o primeiro gol do time paranaense, que aconteceu no final do primeiro tempo, modificou o tempo em termos emocionais. "No primeiro tempo, controlamos bem, fizemos dois gols e perdemos mais alguns. O pênalti mudou o fator psicológico, talvez caímos um pouco. No segundo tempo, os dois times tiveram seus momentos", disse Aguirre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.