Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

'Temos de dar uma resposta à torcida e a nós mesmos', diz Osorio

Técnico quer usar Copa do Brasil para apagar derrota do São Paulo

GONÇALO JUNIOR, O Estado de S. Paulo

19 de agosto de 2015 | 13h06

A partida desta quinta-feira, contra o Ceará, pela Copa do Brasil, no Morumbi, transformou-se em um momento de afirmação do São Paulo na temporada depois da derrota para o Goiás pelo Campeonato Brasileiro. O técnico Juan Carlos Osorio afirmou que é o momento de dar uma resposta após a derrota por 3 a 0 que tirou a invencibilidade da equipe em casa no Campeonato Brasileiro.

"Para muitos, é um jogo com vitória automática. Temos de dar uma boa resposta a nossa torcida, a nossa gente e a nós mesmos", afirmou o colombiano em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, no CT da Barra Funda.

O rodízio de atletas vai continuar e, por isso, Osorio deu poucas pistas sobre a escalação. Ele afirmou que Luis Fabiano e Rodrigo Caio, recuperados de lesão, e Luiz Eduardo, que estava suspenso, podem voltar ao time. Rogério Ceni está fora e será substituído por Renan Ribeiro. Osorio negou que o jogo seja uma "barbada".

"É um jogo muito perigoso, por isso acho que temos que colocar em campo um time muito forte para que não aconteça nada similar do que ocorreu contra o Goiás", disse o técnico.

A derrota para o Goiás ainda ecoa no Morumbi e, na opinião de Osorio, serviu como aprendizado. "Quando eu trato de dar oportunidade a todos do elenco, você corre riscos dentro do jogo, tem o risco de não conseguir o resultado, como na última partida. Para esse novo desafio, vou tratar de colocar em campo o melhor time possível", disse o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.