Celso Junior/AE
Celso Junior/AE

'Temos de festejar o empate', admite Mano Menezes

Após sufoco, treinador considera o 0 a 0 com o Goiás justo e muito bom para o Corinthians

RUBENS SANTOS, Agencia Estado

14 de junho de 2009 | 18h57

O técnico Mano Menezes reconheceu as dificuldades do Corinthians neste domingo e disse que foi justo o empate sem gols com o Goiás, no Serra Dourada. "Considero o resultado justo e muito bom para nós", afirmou o treinador.

Veja também:

link Felipe e a trave garantem empate ao Corinthians

especialVisite o canal especial do Brasileirão

especialJogue o Desafio dos Craques

lista Brasileirão - Calendário

tabela Brasileirão - Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Sem mostrar um bom futebol, o Corinthians foi pressionando pelo Goiás na maior parte do jogo e só não perdeu o jogo graças às boas defesas do goleiro Felipe e à trave, que evitou pelos menos dois gols dos goianos. "Temos de festejar o empate", declarou Mano, satisfeito por não ter perdido fora de casa.

O resultado da partida também agradou aos jogadores. "Deve-se considerar que a gente jogou melhor no segundo tempo. Levamos duas bolas na trave, no primeiro tempo, então o empate foi de bom tamanho", disse Douglas. "Conseguimos organizar a equipe em campo, no segundo tempo, mas o importante, agora, é levar um ponto pra casa", completou Boquita.

O volante Cristian também aprovou o empate. "Viemos determinados a vencer, a fazer de tudo para vencer a primeira fora de casa, mas o empate não foi um resultado ruim", afirmou.

Apontado como o herói da partida, o goleiro Felipe reconheceu a fraca atuação do Corinthians. "Na verdade, tivemos bons contra-ataques no segundo tempo, mas não deu", declarou. "Felizmente tive, hoje, uma bela atuação mas é preciso aprimorar ainda mais", admitiu o goleiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansMano Menezes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.