Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

'Temos total confiança no trabalho do Cristóvão', diz presidente do Corinthians

Roberto de Andrade defende treinador, alvo de críticas da torcida

O Estado de S.Paulo

24 Agosto 2016 | 07h00

Depois do próprio Cristóvão Borges reclamar das vaias da torcida, o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, saiu em defesa de seu treinador. "Temos total confiança no trabalho do Cristóvão", afirmou o dirigente. Segundo ele, o time ainda está "encaixando" e é cedo para qualquer tipo de crítica. "Todos têm de entender que estamos atravessando um momento difícil e oscilamos bastante. Mas em breve estaremos com o time encaixado. Agora em momento algum podemos questionar o trabalho do Cristóvão, que é muito bem feito, elogiado por todos os atletas".

Cristóvão tem sido criticado por parte da torcida, apesar de o time se manter no G-4 do Campeonato Brasileiro. Mesmo diante do Vitória, quando o Corinthians ganhou por 2 a 1 em Itaquera, a torcida não poupou o treinador das vaias. "Essas cobranças não são por causa do Tite, mas acho que estão além da conta, não tem necessidade para isso", disse o técnico. "Não tem ninguém maravilhoso no campeonato, o Corinthians não tinha esse crédito e está ali faz tempo, acho um pouco pesado as cobranças."

Roberto de Andrade também lembrou da reformulação que aconteceu no time nesta temporada e defendeu o elenco. Para ele, o time do Corinthians faz uma boa campanha no Campeonato Brasileiro. "Se o Corinthians tivesse um time fraco, nós não estaríamos na colocação em que estamos. Estamos ganhando sofrido, apertado, como foi contra o Vitória,  mas o campeonato é muito equilibrado. Pode ser por baixo, mas é equilibrado."

O Corinthians volta a campo no sábado, em Campinas, contra a Ponte Preta. Recuperado de lesão, o meia Danilo voltou a treinar com bola, mas ainda não deve ser relacionado. Cristóvão já não conta com os três jogadores negociados com o futebol europeu, casos do volante Bruno Henrique e os atacantes André e Luciano. Nesta quarta-feira, o clube pode confirmar a contratação do atacante Gustavo, do Criciúma. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.