Reuters
Reuters

Ter Stegen é operado, para até novembro e Neto será titular do gol do Barcelona

Goleiro brasileiro ganha espaço e deve ter sequência de jogos na próxima temporada

Redação, Estadão Conteúdo

18 de agosto de 2020 | 11h35

Em um clima de indefinição por conta da demissão do técnico Quique Setién, oficializada na última segunda-feira, e da procura por um novo treinador - o holandês Ronald Koeman é o mais cotado -, o Barcelona divulgou nesta terça-feira que o goleiro alemão Marc-André ter Stegen passou por uma operação no joelho direito e ficará sem jogar até novembro. Assim, o brasileiro Neto passa a ser o titular do gol do clube catalão.

"Ter Stegen foi operado hoje (terça-feira) de forma satisfatória da lesão no tendão rotuliano do joelho direito. O goleiro alemão estará em recuperação por aproximadamente dois meses e meio", informou o Barcelona em suas redes sociais e no site oficial.

Em seu Instagram, o goleiro havia se pronunciado um dia antes da operação. "Vou me submeter a uma intervenção no tendão do meu joelho. Os especialistas médicos e eu discutimos para fazer esta 'limpeza', pois houve algumas irritações no início desta temporada. É uma intervenção proativa a fim de prevenir e preparar para o futuro. Vou precisar de algumas semanas para me recuperar e voltar a 100%. Estou calmo e positivo sobre a situação; voltarei em breve. Mais uma vez, obrigado por todo o apoio que tenho recebido. Agradeço imensamente!", disse.

Ter Stegen foi um dos principais destaques do Barcelona nas competições da temporada 2019/2020. Em 46 jogos, foram 36 pelo Campeonato Espanhol, oito pela Liga dos Campeões da Europa e dois pela Copa do Rei. O goleiro alemão conseguiu terminar uma partida sem tomar gols em 15 partidas.

Mas na sua última participação em campo, na sexta-feira passada, levou oito de uma vez só na derrota por 8 a 2 para o Bayern de Munique, no estádio da Luz, em Lisboa, pelas quartas de final da Liga dos Campeões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.