Terceira fase da Copa da Uefa começa com muitos brasileiros

Muitos brasileiros estarão em campo nas partidas de ida da terceira fase da Copa da Uefa, segunda competição mais importante do futebol europeu e que acontece volta nesta quarta-feira. O Bordeaux do técnico Ricardo Gomes e dos jogadores Wendel, Jussiê e Henrique recebe o Osasuna em território francês na busca de um bom resultado. O meia Fernando, suspenso, não atuará.Já o Benfica dos brasileiros Léo, Moretto, Anderson, Alcides, Luisão e Beto pega o Dínamo de Bucareste. A equipe portuguesa está na competição por ter ficado em terceiro lugar no seu grupo da Liga dos Campeões. Aliás, entre as equipes eliminadas da Liga, o Werder Bremen de Diego e Naldo, que também vem da Liga dos Campeões, encara o Ajax, que conta com o brasileiro Leonardo. Já o CSKA Moscou de Vagner Love, Daniel Carvalho e Dudu Cearense recebe o Maccabi Haifa, de Israel. Na quinta, o Sevilla de Renato, Adriano, Daniel Alves e Luís Fabiano, atual campeão, vai a Bucareste enfrentar o Steaua, semifinalista da competição na temporada passada. Uma partida que atrairá atenções coloca frente a frente Espanyol e Livorno. Não pela qualidade dos dois clubes, mas pelo fato de a partida acontecer com portões fechados, devido à proibição de público nos estádios italianos sem condições de segurança. Os outros da Copa da Uefa são: Bayer Leverkusen (ALE) x Blackburn (ING), Shakhtar Donetsk (UCR) x Nancy (FRA), Fenerbahce (TUR) x AZ Alkmaar (HOL), AEK Atenas (GRE) x Paris Saint Germain (FRA), Hapoel Tel Aviv (ISR) x Rangers (ESC) e Livorno (ITA) x Espanyol (ESP), nesta quarta; e Sporting Braga (POR) x Parma (ITA), Spartak Moscou (RUS) x Celta (ESP), Zulte-Waregem (BEL) x Newcastle (ING) e Lens (FRA) x Panathinaikos (GRE), na quinta. O único time já classificado às oitavas-de-final é o inglês Tottenham, que avançou automaticamente devido à saída do Feyenoord, eliminado da competição pela Uefa e o Tribunal de Arbitragem por distúrbios de sua torcida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.