Terry atribui má fase do Chelsea a elenco pequeno

Equipe não vence há mais de um mês e caiu da liderança para a quarta posição na tabela

AE, Agência Estado

23 de dezembro de 2010 | 10h03

Há mais de um mês sem vitórias no Campeonato Inglês, o Chelsea caiu da liderança para a quarta posição na tabela. Segundo o capitão do time, o zagueiro Terry, a má fase da equipe se justifica pela falta de opções que o técnico Carlo Ancelotti possui atualmente para compensar os desfalques por lesão ou suspensão.

"No passado tínhamos um grande time e era possível fazer um rodízio de jogadores. Nós não temos isso agora", disse o jogador, em entrevista ao site oficial do clube londrino.

O Chelsea tem enfrentado problemas de lesão, principalmente no setor defensivo. O próprio Terry afastado devido a uma contusão muscular, e o brasileiro Alex precisou passar por uma cirurgia no joelho que o deixou de fora do time por um mês.

O volante Lampard, por sua vez, não atua desde o fim de agosto por conta de uma operação de hérnia de disco e dores na virilha. A escassez de opções fez até com que Ancelotti escalasse o atacante Drogba mesmo com malária, em novembro.

Depois de ter o confronto com o Manchester United adiado do último domingo devido à nevasca que atinge a Inglaterra, o Chelsea volta a campo na próxima segunda-feira, contra o Arsenal, no Emirates Stadium.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolChelseaTerry

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.