Tevez diz que não é ?salvador?

Depois de duas semanas de treinos, em que manteve uma calculada distância dos jornalistas, o atacante Carlitos Tevez resolveu falar. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o argentino fez um balanço deste início de trabalho no Brasil e aproveitou a conversa com os jornalistas para mandar alguns recados à torcida do Corinthians. Ele fez questão de dizer que não promete gols nem títulos. Evitou fazer comparações entre a torcida do Corinthians e a do Boca Juniors e disse acreditar que ainda é possível alcançar os líderes do Campeonato Paulista - Santos, São Paulo e Palmeiras têm hoje seis pontos de vantagem em relação ao Corinthians.Tevez sorriu ao ser indagado se prometia gols e títulos. ?Não posso prometer isso. A única coisa que posso prometer é sacríficio?, disse. Sobre a pressão que deverá sofrer por ser a contratação mais cara da história do clube, ele se mostrou tranqüilo. ?Eu não sou o salvador. O time é formado por 11 jogadores e cada um deve dar a sua contribuição?, afirmou. O atacante garantiu estar pronto para a estréia, prevista para este sábado, mas que pode não acontecer por problemas burocráticos. ?Estou bem fisicamente e se for o caso, posso jogar os 90 minutos?, garantiu. Se marcar, adiantou, vai dedicar o gol à ?família?.Tevez diz que o começo ruim do Corinthians no Campeonato Paulista pode ser revertido. ?A competição está no início e tenho certeza que ainda podemos alcançá-los?, afirmou ele, referindo-se ao líderes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.