Tevez e Márcio causam polêmica

Não foi só no Tribunal de Justiça Esportiva (TJD) que o atacante Carlos Tevez foi o centro das atenções. O jogador foi o personagem principal no treino de hoje pela manhã no Corinthians por causa de um exaltada conversa com o técnico Márcio Bittencourt e sua saída ainda no início das atividades no Centro de Treinamento do Parque Ecológico do Tietê. O resultado foi muita reclamação e diz-que-diz-que fora de campo envolvendo o treinador, jornalistas e os assessores de imprensa do clube. Tevez foi embora do CT na seqüência do episódio sem falar e Márcio saiu de campo revoltado contra sites que noticiaram o abandono do treino pelo jogador. "A imprensa tem grandes profissionais mas também gente que só vê fantasmas", reclamou o técnico, ao negar discussão com o argentino. "Quando a gente está numa boa sempre tem alguém para ver pêlo em ovo." O técnico garante que comentaria sem problemas se tivesse se desentendido com alguém. "Eu venho aqui para falar a verdade e não para distribuir balas de goma." Depois, houve discussão entre jornalistas e assessores de imprensa. Bittencourt explicou que ele liberou Tevez do treino. "Ele disse que estava preocupado com o julgamento (à tarde foi suspenso por três jogos por ofensas ao árbitro no jogo contra o São Caetano) e a Florência (sua filha que é bebê) não o deixou dormir, assim eu o mandei para casa descansar." O treinador explicou ter apontado o relógio para o jogador. "É que ganhei esse novo da Nike e ainda não aprendi a mexer nesse troço." Bittencourt revelou, no entanto, que Tevez havia pedido para ser liberado e viajar a Argentina hoje. "Disse a ele que não tinha outro jeito senão esperar o julgamento, entre às 17 e 19 horas, mas que se ele fosse punido estaria liberado. Caso contrário teria de se concentrar para jogar", explicou o treinador. O técnico lembrou de ter falado com o Tevez de que havia programado, à noite, uma reunião dos atletas com o advogado João Zanforlin para falar das novas diretrizes disciplinares da arbitragem. No fim, sobrou para o lateral Gustavo Nery, que no dia anterior havia afirmado que Nilmar não seria o camisa 9 ideal para o Corinthians. "Acho que ele deveria se preocupar com outras coisas. Nilmar é assunto da diretoria." O treinador falou que os diretores já o informaram que Abuda será desligado do clube ao fim de contrato. PEGA LADRÃO - Duas pessoas foram presas no CT ao tentar roubar o ônibus que transporta os atletas. O supervisor de segurança, César Andrade, disse que a dupla foi levada pela polícia à delegacia mais próxima.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.