Tevez e Mascherano devem depor sobre caso MSI-Corinthians

Os dois jogadores foram contratados para a temporada de 2005 em associação com o fundo de investimentos

Efe

15 de março de 2008 | 14h21

Os jogadores argentinos Carlos Tevez e Javier Mascherano deverão prestar depoimento à Polícia Federal dentro da acusação de fraude enfrentada pelo ex-presidente do Corinthians Alberto Dualib e por outros três ex-dirigentes do clube, segundo informações divulgadas neste sábado pelo jornal argentino "Clarín".  Veja também: Corinthians empata com o Juventus e deixa escapar a ponta  Tevez deve depor como testemunha em junho, aproveitando uma possível presença no Brasil para o jogo entre a seleção do técnico Dunga e a Argentina, válido pelas eliminatórias do Mundial 2010, na África do Sul. O advogado de Mascherano já estaria em contato com a Polícia Federal para que o jogador argentino deponha, também na condição de testemunha.  Os dois jogadores foram contratados pelo Corinthians para a temporada de 2005 em associação com o fundo de investimentos inglês Media Sports Investments (MSI). Atualmente, Tevez está no Manchester United e Mascherano, no Liverpool.  Alberto Dualib e os três ex-dirigentes do Corinthians são acusados de envolvimento em um esquema de desvio de dinheiro na contratação de jogadores por parte da MSI. O grupo, também acusado de formação de quadrilha, será interrogado no dia 23 de abril.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansMSITevezMascherano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.