Yi Xin/EFE
Yi Xin/EFE

Tevez perde em estreia e Shanghai Shenhua está fora da Liga dos Campeões da Ásia

Astro argentino passa em branco na derrota por 2 a 0 para o Brisbane Roar

O Estado de S.Paulo

08 Fevereiro 2017 | 12h59

O atacante Carlitos Tevez começou de forma negativa a sua aventura como jogador do Shanghai Shenhua, da China. Em sua estreia na equipe que o contratou por 10,5 milhões de euros junto ao Boca Juniors, o astro passou em branco na derrota por 2 a 0 para o Brisbane Roar, em casa, nesta quarta-feira, e viu seu time ser eliminado de maneira decepcionante da Liga dos Campeões da Ásia.

O confronto era qualificatório para a fase de grupos da competição continental e acabou sendo frustrante até pelo fato de que Tevez foi contratado com um reportado salário anual de cerca de US$ 40 milhões, número não oficial, mas que o tornaria o jogador mais bem pago do mundo na atualidade.

Tevez assinou contrato para defender o Shanghai Shenhua por dois anos, mas não conseguiu justificar o alto investimento feito em seu futebol nesta quarta-feira, quando Borrello e Oar marcaram os gols que da vitória do time australiano já no primeiro tempo do confronto.

Na última terça-feira, o meia brasileiro Oscar, outra recente contratação milionária do futebol chinês, marcou um dos gols da vitória do Shanghai SIPG sobre o Sukhothai, da Tailândia, por 3 a 0, pela primeira fase eliminatória da Liga dos Campeões da Ásia. O também brasileiro Elkeson também balançou as redes neste duelo, no qual o atacante Hulk foi outro titular do Shanghai SIPG.

Os jogos desta fase da Liga dos Campeões da Ásia são eliminatórios, sem volta, e o triunfo fez o Shanghai SIPG avançar para um grupo que contará com FC Seoul (Coreia do Sul), Urawa Red Diamonds (Japão) e Western Sydney Wanderers (Austrália).

Também na última terça, o Gamba Osaka, do Japão, venceu o Johor Darul Ta'zim, da Malásia, por 3 a 0, e foi outro a avançar à fase de grupos, na qual terá pela frente Adelaide United (Austrália), Jiangsu Suning (China) e Jeju United (Coreia do Sul).

Com a eliminação precoce do Shanghai Shenhua, a China contará com três times na fase de grupos da Liga dos Campeões da Ásia. Além de Jiangsu Suning e Shanghai SIPG, o outro clube do país nesta fase da competição será o Guangzhou Evergrande.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.