Tevez recebe três jogos de suspensão

O Corinthians acabou sendo o único clube paulista realmente punido hoje pela 4ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com a suspensão por três partidas do atacante Carlitos Tevez. O técnico do São Paulo, Paulo Autuori, e o meia Richarlyson foram absolvidos, assim como o técnico do São Caetano, Levir Culpi, e o Palmeiras, que poderia ter perdido até três mandos de campo, além de ser obrigado a pagar uma multa entre R$ 50 mil e R$ 500 mil. Na tentativa de livrar Tevez de uma condenação, o advogado João Zanforlin tentou invalidar a denúncia evocando o Código Penal, que exige um tradutor juramentado para fazer traduzir expressões estrangeiras em processos. Na súmula da partida, o árbitro Anselmo Costa relatou que o atacante corintiano o fez duas ofensas: "puta que lo pariu", além de agredir verbalmente sua mãe com outro palavrão: "concha tu madre". O relator do processo, Marcos Pinto Basílio, refutou todas as alegações da defesa de Tevez. E ainda acrescentou: "o próprio jogador ao final da partida deu entrevistas confessando que xingou o árbitro. Não tenho dúvidas que ele o fez". Tevez poderia ter sido condenado a seis jogos de suspensão pela ofensa. Mas, pegou a pena mínima, dois jogos, acrescidos de mais uma partida por ser reincidente. O jogador já cumpriu uma partida e não poderá atuar contra o Goiás, domingo, e Juventude, quarta-feira. Com a suspensão, o atleta foi liberado para viajar à Argentina e a previsão é a de que retorne no dia do confronto contra os gaúchos. Ainda por causa do confronto entre Corinthians e São Caetano, o volante Paulo Miranda, foi punido com duas partidas de suspensão, o atacante Edílson, um jogo suspenso, o técnico do time do ABC, Levir Culpi, absolvido, e o preparador-físico corintiano Fábio Mahseredjian, também absolvido. As absolvições da 4ª Comissão Disciplinar ainda beneficiaram o técnico do São Paulo, o meia são-paulino Richarlyson além do Palmeiras, que deixou de perder três mandos de campo. O Alviverde só sofreu um revés com a suspensão por uma partida do zagueiro Alceu que não poderá atuar contra o Fluminense porque ainda não cumpriu - foi expulso com a partida já encerrada. Já o também zagueiro Leonardo punido com um jogo poderá atuar, por ter cumprido a automática.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.