Tevez reclama da arbitragem britânica

Atacante argentino não suporta marcação acirrada dos adversários no Campeonato Inglês

Ansa

03 de janeiro de 2008 | 18h23

O atacante argentino Carlos Tevez, do Manchester United, afirmou, nesta quinta-feira, que o futebol inglês "é fisicamente tão duro como o argentino", mas os árbitros são menos severos que em seu país de origem. "Creio que os árbitros deveriam ser mais severos porque recebi muitas faltas feias. Joguei com dor após um primeiro golpe, mas meu tornozelo estava prejudicado e, quando recebi a segunda patada, foi impossível continuar", disse Tevez. O argentino saiu contundido na segunda etapa da partida em que o Manchester bateu o Birmingham por 1 a 0, com um gol seu, nesta terça-feira. Ele não poderá jogar neste sábado pela Copa da Inglaterra contra o Aston Villa, segundo o técnico Alex Ferguson, que afirmou que o jogador é um leão.Tevez revelou que nem mesmo seus companheiros sabiam que ele havia escondido uma chupeta dentro de seu uniforme para usá-la na comemoração de seu gol contra o Birmingham, confiante que seus familiares veriam esta imagem na Argentina."Consegui, pois a foto apareceu em todos os jornais. Queria dizer a minha família que pensei muito neles esses dias", contou Tevez, desacostumado a ter que jogar no Natal e no ano novo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.