David Oliveira / Guarani FC
David Oliveira / Guarani FC

Thiago Carpini contém euforia no Guarani: 'É minha preocupação'

Treinador coloca os pés no chão após goleada fora de casa na estreia do Paulistão

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de janeiro de 2020 | 17h05

Nem mesmo o torcedor mais otimista poderia imaginar uma vitória tão expressiva do Guarani na estreia do Campeonato Paulista. Com participação coletiva e atuação convincente, o time bugrino começou o Estadual com o pé direito ao golear a Inter de Limeira por 4 a 0, com dois gols em cada tempo, em pleno estádio Major Levy Sobrinho, em Limeira.

Apesar do triunfo, o técnico Thiago Carpini mostrou preocupação para conter a euforia no elenco na sequência da competição. "Segurar a euforia é a minha preocupação. Falei para eles lá dentro. Não quis jogar um balde de água fria, não. Parabenizei todos. Disse que não somos os melhores na vitória, tampouco na derrota. É uma frase meio clichê, mas é a verdade. É pés no chão. Aqui já passou", alertou.

"Se não fizermos daqui pra frente vamos começar a ter dificuldade. É um campeonato muito curto, muito equilibrado e muito parelho. Agora começo a trabalhar em cima do Santos para fazer um grande jogo para estarmos próximos de conseguir o resultado também", emendou o treinador.

Sem sufoco defensivo e fulminante nos contra-ataques, o time de Campinas construiu a vitória sem tantas dificuldades. Thiago Carpini mostrou-se satisfeito com o que viu em campo, mesmo com menos de 20 dias de pré-temporada antes da estreia, e elogiou a força do plantel montado pela diretoria.

"Foi muito bom. Eu gosto desse jogo de posse de bola e controle. Quando você tem a bola, está muito próximo de ganhar do que de perder. Só se defender e se jogar de maneira reativa não é muito o meu perfil. A gente vem trabalhando e vocês acompanhando. Estou trabalhando isso desde o final da Série B do ano passado", elogiou.

Com os primeiros três pontos na conta, o Guarani já se reapresentou e treinou nesta quinta-feira em Campinas. O próximo compromisso no Paulistão é na segunda-feira diante do Santos, em casa, às 20 horas, no estádio Brinco de Ouro da Princesa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.