Ricardo Duarte / S.C. Internacional
Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Thiago Galhardo e Natanael comemoram chance no Inter, mas lamentam empate

Agora, equipe foca em estreia na fase de grupo da Libertadores, diante da Universidad Católica

Redação, Estadão Conteúdo

29 de fevereiro de 2020 | 22h27

O Internacional saiu na frente, mas cedeu o empate ao Caxias no segundo tempo, neste sábado, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. Apesar disso, o meia-atacante Thiago Galhardo e o lateral-esquerdo Natanael tiveram motivos para comemorar na estreia da equipe no segundo turno do Campeonato Gaúcho.

Os reservas ganharam chance entre os titulares porque o técnico Eduardo Coudet poupou alguns jogadores já pensando na estreia do time na fase de grupos da Copa Libertadores, na terça-feira. Galhardo, por sinal, foi o autor do único gol do time colorado nesta noite.

"Estou muito feliz em poder voltar a jogar, a marcar gol e ajudar a equipe. Não começamos da forma que queríamos no segundo turno, mas fizemos um bom jogo e tivemos boas oportunidades no ataque, a equipe se comportou muito bem e de qualquer forma é um ponto importante, que com certeza fará diferença lá no final. Nosso foco agora é reencontrá-los em breve, na grande final do Gauchão", disse o meia.

Quem seguiu o mesmo discurso foi o lateral-esquerdo Natanael, que fez uma análise do jogo e lamentou o gol tomado no segundo tempo, que custou a vitória colorada. "A gente sabia que o jogo aqui é muito difícil. A equipe do Caxias é boa, o campo é difícil, complicado para jogar. Mas a gente veio com força, determinação. Infelizmente, sofremos o gol de empate. Levantar a cabeça. Semana que vem já tem Libertadores. E depois no fim de semana. É esquecer o jogo de hoje, buscar o bom resultado na Libertadores."

Agora, o Inter volta a campo na próxima terça-feira, quando recebe a Universidad Católica, do Chile, pela rodada de estreia da Libertadores. Pelo estadual, o próximo jogo será no domingo (08) contra o Brasil de Pelotas, também no Beira-Rio. Já que os dois jogos serão em casa, Galhardo aproveitou para chamar a torcida para apoiá-los em busca de bons resultados.

"Tenho certeza que a nossa torcida será importante nesses dois próximos jogos em casa. Temos uma sequência muito difícil na Libertadores e no Gauchão, mas tenho certeza que eles vão lotar a fazer a parte deles e espero que nós possamos contribuir da melhor maneira dentro de campo, não só com resultados, mas também com boas atuações", declarou o meia-atacante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.