Mauro Pimentel/AFP
Mauro Pimentel/AFP

Thiago Galhardo minimiza erro do goleiro Martín Silva: 'Tem crédito'

Erro fez o Vasco ser derrotado pelo Grêmio por 2 a 1, de virada, em Porto Alegre

Estadão Conteúdo

12 de novembro de 2018 | 17h06

O Vasco visitou o Grêmio no domingo, conseguiu sair na frente, mas não resistiu e acabou derrotado por 2 a 1. O gol que selou o resultado saiu já aos 49 minutos do segundo tempo, em frango de Martín Silva. Responsável por dar a liderança ao time cruzmaltino no primeiro tempo, Thiago Galhardo fez questão de minimizar o erro do colega nesta segunda-feira.

"Foi um banho de água fria tomar um gol da forma que foi, mas o Martín tem muito crédito com a torcida. Ele é um ícone, um ídolo do clube, e vinha de uma partida muito boa contra o Fluminense. Fez umas quatro ou cinco defesas para segurar o resultado. Só pode errar quem está lá dentro", declarou.

O resultado manteve o Vasco com 38 pontos, na 15.ª colocação, a três do Vitória, que abre a zona de rebaixamento. Se a Chapecoense vencer o Santos nesta segunda-feira, no Pacaembu, a diferença do time carioca para a degola ficará em apenas um ponto. Por isso, Thiago Galhardo admitiu a torcida pela equipe paulista.

"Torceremos pelo Santos, mas sem desespero. Só dependemos da gente. São três jogos em casa, serão difíceis, mas nosso time é bom e tem tudo para reverter essa situação", comentou. "Não estamos precisando de outros resultados. Se a gente estivesse em último, penúltimo, dependendo de resultado, aí teria que torcer. Mas obviamente que a gente vai assistir ao jogo, a gente seca."

Apesar da situação ainda ser incômoda, o meia garantiu que o clima no Vasco é dos melhores. "Nosso time correu e se doou bastante, criou oportunidades, poderíamos também ter vencido. O astral segue lá em cima, ainda mais agora que ficamos sabendo que os ingressos para o jogo do Atlético-PR estão quase esgotados. Vai ser um caldeirão e a torcida vai jogar junto", comentou, mirando o duelo de quarta, pela 34.ª rodada.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
VascoThiago GalhardoMartín Silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.