Reprodução www.losc.fr
Reprodução www.losc.fr

Thiago Maia é oficializado como reforço do Lille e assina por cinco anos

Clube francês pagou aproximadamente R$ 52 milhões para tirar o volante do Santos

Estadão Conteúdo

25 de julho de 2017 | 13h58

Thiago Maia agora é oficialmente jogador do Lille. Nesta terça-feira, o clube francês confirmou a contratação do volante brasileiro, que pertencia ao Santos e foi liberado há quase duas semanas pela equipe paulista para acertar a sua transferência ao futebol europeu, algo que agora se concretizou.

O Lille não revelou os detalhes financeiros da transação, apenas explicando que assinou um contrato válido pelas próximas cinco temporadas com Thiago Maia. Mas as informações são de que o clube francês vai desembolsar 14 milhões de euros (aproximadamente R$ 52 milhões) para tirá-lo do Santos.

"Eu tenho trabalhado desde que era pequeno para que um dia esse sonho de vir e jogar na Europa se realizasse. Estou muito contente de aproveitar esta oportunidade. Conversei com a minha família e pensamos que o LOSC era o melhor lugar para crescer, aprender e progredir. Estou muito orgulhoso de estar aqui em Lille hoje", disse Thiago Maia ao site oficial do time francês.

No Lille, o volante ex-Santos será comandado pelo técnico argentino Marcelo Bielsa. E ele terá a companhia de dois jogadores brasileiros, casos de Thiago Mendes e Luiz Araújo, ambos recém-contratados juntos ao São Paulo. Além disso, o lateral-esquerdo Caju, seu companheiro no Santos, também está na mira do clube francês.

Revelado pelas divisões de base do time da Vila Belmiro, Thiago Maia, de apenas 20 anos, fez a sua estreia entre os profissionais no segundo semestre de 2014 e vinha sendo titular absoluto do meio-de-campo, tendo sido campeão paulista no ano passado. Ele também fez parte do grupo da seleção brasileira que faturou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, e agora vivenciará a sua primeira experiência no futebol europeu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.