Reprodução/Twitter/Genoa
Reprodução/Twitter/Genoa

Thiago Motta é confirmado como novo técnico do Genoa, ameaçado no Italiano

Clube de Gênova soma apenas cinco pontos e está na vice-lanterna do campeonato

Redação, Estadão Conteúdo

22 de outubro de 2019 | 20h47

O brasileiro naturalizado italiano Thiago Motta foi anunciado nesta terça-feira como novo técnico do Genoa. O ex-jogador de Barcelona, Atlético de Madrid, Inter de Milão e Paris Saint-Germain, e com uma breve passagem pelo próprio clube de Gênova, chega ao cargo para substituir o demitido Aurelio Andreazzoli.

A demissão de Andreazzoli também foi confirmada nesta terça, horas mais cedo. Ele não resistiu ao início ruim de campanha do Genoa nesta edição do Campeonato Italiano, no qual ocupa a vice-lanterna, com apenas cinco pontos somados em oito partidas disputadas. E pesou para a saída do treinador a goleada por 5 a 1 sofrida diante do Parma, no último domingo, pela rodada passada da competição.

Essa será a primeira experiência de Thiago Motta, de 37 anos, como técnico de um time profissional. Anteriormente, no início de sua carreira na função, ele dirigiu a equipe sub-19 do PSG, clube no qual se aposentou dos gramados, após defendê-lo entre 2012 e 2018.

Naturalizado, o ex-volante atuou pela seleção italiana no Mundial de 2014 e em duas edições da Eurocopa. Antes disso, chegou a vestir a camisa da seleção brasileira sub-17 em três partidas e em outras duas pela equipe principal do Brasil.

A sua estreia como treinador do Genoa deverá ocorrer neste sábado, quando o time enfrentará o Brescia, em casa, pela nona rodada do Campeonato Italiano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.