Vinnicius Silva / Cruzeiro
Vinnicius Silva / Cruzeiro

Thiago Neves descarta abrir mão do Brasileirão: 'Precisamos pontuar'

Cruzeiro está ainda na semifinal da Copa do Brasil e nas quartas de final da Libertadores

Estadão Conteúdo

04 Setembro 2018 | 16h22

Semifinalista da Copa do Brasil e nas quartas de final da Libertadores, o Cruzeiro tem encontrado dificuldade para repetir este desempenho no Campeonato Brasileiro. Pela competição, a equipe mineira venceu somente uma das últimas oito partidas e se distanciou das primeiras posições, mas Thiago Neves não quer saber de abrir mão da disputa.

"Precisamos pontuar. Deixamos escapar alguns pontos em casa, ou estão tirando da gente, mas precisamos subir na tabela, até mesmo para nos dar mais tranquilidade para jogar as outras competições. Então, já esperamos nesse jogo contra o Botafogo que a gente consiga os três pontos para recuperar os pontos que nos tiraram aqui no fim de semana", declarou.

O empate de domingo diante do Inter, no Mineirão, levou o Cruzeiro a 31 pontos, quatro atrás do Atlético-MG, que fecha a zona de classificação para a Libertadores no momento. Para deixar a má fase para trás, a equipe confia em uma vitória nesta quarta diante do desesperado Botafogo, no Engenhão, que venceu somente uma das últimas sete partidas no Brasileirão e se vê perigosamente próximo à zona de rebaixamento.

"Temos que chegar no Rio de Janeiro respeitando o Botafogo, que está em uma situação complicada, e tentar buscar esses três pontos na tabela de classificação para ficar perto do bolo do G6", considerou Thiago Neves.

No próximo mês, o Cruzeiro definirá sua sorte na Copa do Brasil, na qual encara o Palmeiras por uma vaga na decisão, e na Libertadores, em que terá o Boca Juniors na busca pela classificação às semifinais. Mesmo diante de confrontos desta importância, o meia ressaltou a necessidade de bons resultados no Brasileirão.

"Agora, voltam as decisões e os jogos complicados, mas estão todos cientes de que não se pode virar a chavinha de uma competição para outra. Tem que estar o tempo todo focado, principalmente no Campeonato Brasileiro, em que precisamos subir na tabela", apontou. "Temos que estar sempre preparados, independente de jogar o Campeonato Brasileiro, a Libertadores ou a Copa do Brasil."

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.