Thiago Neves lembra Libertadores para acreditar em vaga

A derrota por 1 a 0 para o Corinthians no Pacaembu, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, parece não ter abalado a confiança do Fluminense em conquistar a vaga à próxima fase jogando no Maracanã. Nesta segunda-feira, o meia Thiago Neves lembrou até a boa campanha na Copa Libertadores do ano passado como exemplo de que é possível reverter a vantagem do adversário no confronto.

AE, Agencia Estado

18 de maio de 2009 | 18h57

"Na Libertadores conseguimos inverter resultados até mais complicados. Contra o São Paulo foi assim. Perdemos de 1 a 0 lá e nos classificamos aqui, mas foi complicado", lembrou o jogador, se referindo ao duelo pelas quartas de final da competição. Em 2008, o Fluminense perdeu no Morumbi e ganhou por 3 a 1 no Maracanã, com um gol de Washington nos acréscimos. Depois, eliminou o Boca Juniors nas semifinais e foi derrotado apenas na decisão, pela LDU.

"Temos de jogar com inteligência, a vantagem deles não é tão grande assim", ressaltou Thiago Neves. Para buscar a vaga na Copa do Brasil, o meia acredita na força do Maracanã lotado nesta quarta-feira. "A torcida do Fluminense não tem que provar nada para ninguém. Eles nos empurram, sempre estão ao nosso lado. Esse é mais um jogo que precisamos deles", afirmou. "Eles verão um time guerreiro, que vai buscar a classificação."

No duelo decisivo, o Fluminense pode ter a volta do meia argentino Conca, que já atuou neste domingo pelo Campeonato Brasileiro, no empate com o Barueri. "Fico feliz pela volta do Conquinha. Ele é excepcional, me ajuda muito e vai estar preparado para ajudar também a todo o time", comentou Thiago Neves. No entanto, o técnico Carlos Alberto Parreira ainda não confirmou a escalação de Conca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.