Bruno Haddad / Cruzeiro
Bruno Haddad / Cruzeiro

Thiago Neves pede que Cruzeiro mantenha Mano no comando: 'Tem de dar um jeito'

Questões políticas podem atrapalhar permanência de técnico campeão da Copa do Brasil

Estadão Conteúdo

16 Outubro 2017 | 13h46

A indefinição sobre o futuro de Mano Menezes no Cruzeiro começa a incomodar o elenco. Apesar do embalo pelo título da Copa do Brasil e o ótimo momento no Campeonato Brasileiro, a crise política atravessada pelo clube e a eleição marcada para o ano que vem tornaram a manutenção do treinador incerta. Por isso, os jogadores começaram a fazer campanha para que o trabalho continue.

+ Wagner Pires de Sá vence eleição e é o novo presidente do Cruzeiro

+ Após saída de vice de futebol, Tinga anuncia que deixará Cruzeiro no fim do ano

"Se pegar treinador novo, vai ter que montar um time de novo. Vai chegar e não conhece todo mundo. O ideal era que ele ficasse. Todo mundo está pedindo para ficar, porque ano que vem a gente quer ganhar esta Libertadores. Ele tem que ficar, tem de dar um jeito de segurar ele aqui", declarou o meia Thiago Neves nesta segunda-feira.

Mano voltou ao Cruzeiro no ano passado, ajudou a equipe em um momento difícil na reta final do Brasileirão e, já nesta temporada, a levou ao título da Copa do Brasil. Com a vaga na Libertadores assegurada, Thiago Neves considerou a permanência do treinador essencial para o sucesso celeste na competição e alertou para a concorrência de outros clubes, que deverão correr atrás do comandante.

"A importância dele todo mundo sabe, é um treinador campeão, conhece cada jogador, independentemente do time que for montar. Todo mundo vai estar correndo atrás dele. Ano que vem, a gente tem uma competição que todo mundo estava desejando jogar, que é a Libertadores", comentou.

O momento do Cruzeiro é tão bom que depois da Copa do Brasil, a equipe passou a sonhar também com a conquista do Brasileirão. São 11 pontos de diferença para o líder Corinthians - 58 a 47 -, mas Thiago Neves pediu apenas que o time mineiro faça sua parte até o fim da competição, sem pensar nos adversários.

"É continuar jogando bem. Se tiver que vice, que seja, está valendo. Pentacampeão da Copa do Brasil e vice do Brasileirão está de bom tamanho. Se a gente fizer uma sequência de vitórias, vamos estar brigando pelo título com certeza", avaliou.

Nesta segunda-feira, Mano comandou treino do Cruzeiro na Toca da Raposa II visando o duelo de quarta diante do Coritiba, no Couto Pereira, pela 29.ª rodada do Brasileirão. Digão e Manoel foram mantidos como titulares, apesar da recuperação de Murilo. As mudanças, então, aconteceram no gol, onde Rafael deu lugar a Fábio, e no meio de campo, com a entrada de Arrascaeta na vaga de Alisson.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.