Divulgação
Divulgação

Thiago Ribeiro é esperado no Santos no início da semana

Jogador foi contratado do Cagliari por três milhões de euros (aproximadamente R$ 8,8 milhões)

SANCHES FILHO, Agência Estado

21 Julho 2013 | 19h52

SANTOS - Thiago Ribeiro, contratado do Cagliari, da Itália, por três milhões de euros (aproximadamente R$ 8,8 milhões) deve se apresentar no CT Rei Pelé entre segunda e quarta-feira para fazer exames médicos. O contrato do ex-atacante de São Paulo e Cruzeiro, segundo o seu empresário, Juan Figer, será até julho de 2017. Neste domingo, o novo jogador do Santos ainda estava em Cagliari, cuidando dos detalhes de sua mudança.

Como Thiago está de férias desde o fim do Campeonato Italiano, há mais de um mês, antes de estrear ele terá de ser preparado para atingir o nível de condicionamento dos novos companheiros. O processo deve demorar pelo menos duas semanas, mas a ideia é que jogue pelo menos um tempo no amistoso contra o Barcelona, dia 2 se agosto, na Espanha, na estreia de Neymar no clube catalão.

Claudinei Oliveira disse neste domingo que ainda não pensou de que forma vai encaixar Thiago Ribeiro no time. "Vou esperar ele chegar para conversar com ele. Pelo que sei, na Itália ele vinha atuando atrás do atacante e chegando à área para finalizar. Mas, em primeiro lugar, vamos respeitar quem está jogando", prometeu o treinador, lembrando que Cicinho e Mena foram contratados mas os titulares continuam sendo Galhardo e Léo. "Como tirá-los? Estão jogando muito".

Agora, os dirigentes devem retomar as negociações para contratar o argentino Saviola, de 31 anos de idade e que se desvinculou do Málaga, da Espanha. O meia-atacante pede R$ 500 mil mensais, valor considerado alto demais pelos santistas, que teriam oferecido R$ 350 mil.

Segundo o treinador Claudinei Oliveira, se o Santos não fechar com Saviola, o novo reforço deverá ser um meia-atacante brasileiro que já teve passagens pela seleção brasileira e cujo nome é mantido em segredo. Sobre Misael, que também foi contratado, ele disse que se trata de jogador para ser observado.

O vice-presidente Odílio Rodrigues se mostra confiante com a possibilidade de sucesso nas negociações com Saviola. Se ele for contratado vai aumentar para cinco o número de estrangeiros, sendo quatro argentinos, no elenco. Dos três argentinos que integram o grupo no momento, apenas Montillo está nos planos no clube. Miralles e Patito Rodríguez treinam com os companheiros mas desde a demissão de Muricy Ramalho não têm sido mais convocados para a concentração.

Patito viajou ao México na semana passada para fazer exames médicos e assinar contrato com o Atlante, de Cancun, México. Dois dias, ele retornou se queixando de não ter sido tratado com respeito. O Santos estaria disposto a emprestá-lo de graça, mas teria se recusado a pagar parte do salário de R$ 160 mil mensais.

No começo do mês, o Colo Colo, do Chile, se interessou em levar Miralles de volta por empréstimo, mas desistiu da contratação ao saber que o atacante tem salário mensal de R$ 175 mil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.