Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Thiago Ribeiro elogia Damião e promete ajuda por gol

Jogador, contratado por R$ 42 milhões de reais, ainda não marcou com a camisa do Santos

Sanches Filho, Agência Estado

18 de fevereiro de 2014 | 19h05

SANTOS - Só se passaram três jogos, mas o jejum de gols de Leandro Damião já está incomodando a torcida santista. O jogador, contratado por R$ 42 milhões de reais, ainda não marcou com a camisa do Santos e, desde que ele entrou no time, o rendimento da equipe caiu. No domingo, o clube sofreu a primeira derrota no Paulistão, para o Penapolense, por 4 a 1.

Para o companheiro de ataque Thiago Ribeiro, essa demora para marcar o primeiro gol é normal. "O Damião na minha opinião vem rendendo bem, apenas não conseguiu fazer um gol. Claro que tem a ansiedade do gol, todo o atacante é assim, mas ele tem muita vontade de fazer. Depois do primeiro dá uma aliviada, o jogador entra mais solto", explicou o jogador.

Para conseguir encerrar o jejum, o ex-centroavante do Internacional pode ter a garantia da ajuda de seus companheiros. "Estamos tentando ajudá-lo, como todos tentam. A gente procura ajudar servindo uma bola, criando uma jogada. Quanto mais rápido sair (o gol), melhor é para o Damião, melhor é para nós", comentou Thiago Ribeiro.

Sobre a derrota para o Penapolense, a primeira do Santos no Paulistão, Thiago Ribeiro também disse entender que é algo natural dentro de uma competição longa. "Não vejo como decepção. Claro que ninguém gosta de perder, mas na minha opinião o resultado não diz o que foi o jogo. É uma fase de classificação, tentamos somar um ponto e acabamos tomando um gol."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCPaulistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.