Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Thiago Santos ganha chance na Libertadores e deve ter sequência no Palmeiras

Suspensões de Felipe Melo em duas competições abrem espaço para substituto entrar em campo

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

26 de agosto de 2019 | 11h00

O jogo do Palmeiras contra o Grêmio nesta terça-feira, pela Copa Libertadores, assim como os compromissos seguintes pelo Campeonato Brasileiro na temporada, devem ter uma novidade na formação titular. O volante Thiago Santos se prepara para substituir Felipe Melo e ter uma sequência no time principal, após o camisa 30 acumular suspensões nas duas competições.

Thiago Santos, inclusive, será a única mudança no time que entra em campo nesta terça-feira, no estádio do Pacaembu. Em comparação aos jogadores escolhidos para a vitória por 1 a 0 na partida de ida das quartas de final, em Porto Alegre, somente o volante deve ser novidade. "O Felipe Melo tem mais facilidade na bola longa, já o Thiago acaba saindo mais para buscar o adversário. Mas eu acho que no fundo a característica de marcação dos dois se equivale bastante", comparou o meia Gustavo Scarpa.

A aparição de Thiago Santos no time titular deve se prolongar. Felipe Melo recebeu na sexta-feira uma punição de quatro partidas do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por ter sido expulso contra o Bahia, em jogo pelo Campeonato Brasileiro. Caso o clube não consiga reduzir a pena nem obter um efeito suspensivo, o volante titular será desfalque nos encontros contra Flamengo, Goiás e Fluminense.  

A sequência pode voltar a abrir espaço para Thiago Santos, jogador que agrada bastante ao técnico Luiz Felipe Scolari. O poder de marcação, a versatilidade em conseguir atuar também como zagueiro e a capacidade para ajudar na defesa sempre lhe renderam elogios vindos do treinador. Nesta temporada, Thiago Santos atuou em 25 partidas, quatro delas pela Copa Libertadores.

Para o meio-campo, Felipão ganhou mais uma opção para o jogo com a volta de Ramires. O meia havia sofrido um trauma no tórax durante um jogo-treino com a Inter de Limeira, mas retornou ao trabalho neste domingo. Já para a função de primeiro volante, além de Thiago Santos, nomes como Jean e Matheus Fernandes também podem executar o papel durante a ausência de Felipe Melo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.