Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Thiago Santos nega clima de revanche no Palmeiras antes de dérbi

Volante afirma que final perdida para o Corinthians no ano passado não é mais assunto entre os jogadores

Redação, O Estado de S.Paulo

01 Fevereiro 2019 | 12h07

O último encontro entre Palmeiras e Corinthians no Allianz Parque pelo Campeonato Paulista não deixou boas lembranças para o clube alviverde. Porém, antes do encontro deste sábado, às 17h, o volante palmeirense Thiago Santos garantiu que o elenco não trata como uma espécie de revanche pela derrota na final do ano passado. Segundo ele, o assunto já é passado entre os jogadores.

A derrota nos pênaltis na decisão frustrou bastante o Palmeiras. A diretoria ficou irritada com a arbitragem e durante os cinco meses seguintes tentou anular o resultado da partida nos tribunais. "No ano passado foi difícil digerir aquilo ali. Mas a gente deixou para trás. Não temos de pensar no que passou, temos de para frente, nesse próximo jogo e entrar forte para tentar ganhar", disse em entrevista coletiva na Academia de Futebol.

O volante explicou que mesmo com o momento ruim do Corinthians, com duas derrotas em quatro rodaas, o Palmeiras não considera que o rival esteja enfraquecido. "Clássico é diferente. É outra preparação. Mesmo que o Corinthians passe por um momento difícil, eles vão dar a vida. Temos de estar espertos os 90 minutos", explicou o jogador. Para o dérbi deste sábado o clube já vendeu 35 mil ingressos.

Thiago Santos é um dos jogadores da confiança de Felipão, tanto é que em janeiro deste ano renovou contrato e agora tem vínculo com o clube até 2022. "Desde quando o Felipão chegou, me deu moral, me deu confiança e disse que gostava do meu futebol. Jogador gosta disso, de saber que o treinador aprecia seu futebol. O rodízio do time faz todo mundo se sentir confiante e se sentir igual no time", afirmou.  

O Palmeiras encerrou a preparação para o dérbi com treino fechado na manhã desta sexta-feira, na Academia de Futebol. Felipão deve scalar uma formação diferente da usada na quarta-feira, contra o Oeste. O possível time titular deve ter: Weverton (Prass); Mayke, Luan, Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique (Thiago Santos) e Lucas Lima; Dudu, Scarpa e Borja.

Para Entender

Guia do Paulistão 2019: tudo o que você precisa saber sobre a competição

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo vão iniciar competição com menos de três semanas de pré-temporada

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.