Alastair Grant/AP
Alastair Grant/AP

Thiago Silva acredita que o PSG pode ser campeão

Zagueiro acha que time sai fortalecido de Londres

O Estado de S. Paulo

11 Março 2015 | 20h47

 Quando viu sua cabeçada superar o gigante belga Courtois e morrer na rede do Chelsea, Thiago Silva tirou um peso terrível da consciência e saiu berrando de alegria. Estava redimido do erro crasso que havia cometido no início da prorrogação ao cortar com a mão um cruzamento dentro da área e ver Hazard, de pênalti, colocar a equipe inglesa em vantagem por 2 a 1. "Dei um pênalti de presente para o Chelsea e fiquei muito mal com aquilo, mas coloquei na cabeça que nada estava perdido e continuei lutando. Foi um gol inesquecível para mim e para o clube", disse o zagueiro.

Thiago Silva acredita que as circunstâncias em que a equipe conseguiu a classificação fortalecem muito o grupo para o restante da competição. "Não tenho dúvida de que temos um elenco em condições de criar dificuldades para qualquer adversário. E se jogarmos sempre como fizemos esta noite aqui em Londres podemos ir muito longe. Acredito que podemos sonhar com o título."

Autor do outro gol da equipe francesa, David Luiz disse que o time todo foi heróico. "Foi muito duro perder um de nossos melhores jogadores (Ibrahimovic, expulso) tão cedo, mas o time todo está de parabéns por não ter parado de lutar. Gostaria de agradecer aos nossos torcedores que estiveram no estádio, porque o apoio deles foi muito importante para nós."

Outro brasileiro do time, o zagueiro Marquinhos (que jogou como lateral-direito), também exaltou o espírito de luta da equipe. Mas não deixou de dizer que não foi apenas a garra que levou o PSG à classificação. "Nós jogamos muito bem. Procuramos o gol, criamos chances e merecemos a vaga. Viemos aqui para conseguir a vaga e alcançamos o nosso objetivo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.