Gonzalo Fuentes/Reuters
Gonzalo Fuentes/Reuters

Thiago Silva confirma presença no jogo contra o Barcelona pela Copa dos Campeões

Zagueiro do PSG está recuperado de uma pancada no joelho e jogo no Camp Nou

AE, Agência Estado

09 de abril de 2013 | 11h56

BARCELONA - Thiago Silva confirmou nesta terça-feira que está pronto para enfrentar o Barcelona, nesta quarta, no jogo da volta das quartas de final da Liga dos Campeões. Desfalque no fim de semana, em jogo do Campeonato Francês, o zagueiro do Paris Saint-Germain era dúvida desde que sofreu uma pancada no joelho na primeira partida contra o time catalão.

"Me sinto bem e estou pronto para jogar. Não tenho qualquer problema", garantiu o brasileiro. "Terminou o jogo de ida com um pequeno problema no joelho, mas já descansei", explicou o titular da zaga francesa.

Confirmado no time, Thiago Silva acredita que o Barcelona tem mais preocupações por lesão do que o PSG. O time espanhol, que jogará em casa, não contará com o zagueiro Puyol e o volante Mascherano. E pode perder Lionel Messi - a escalação do argentino só será definida de última hora.

"Acho que o Barça tem mais problemas que nós. Acho que as ausências de Puyol e Mascherano são maiores do que a de Messi, ainda que ele não tenha sido descartado. Eles terão que improvisar na defesa, o que complicará a vida deles, embora o Barça sempre seja o Barça", ponderou Thiago Silva, ao jornal El Mundo Deportivo.

Para o zagueiro, será um "alívio" se Messi não jogar. "É verdade que será um alívio para mim se ele não jogar, mas não totalmente, porque eles ainda têm o [David] Villa, o Pedro. O Barça não tem apenas o melhor jogador do mundo. Eles têm também o melhor time do mundo".

Por essa razão, o zagueiro joga o favoritismo para os anfitriões, apesar dos desfalques. "O Barça é sempre o favorito, não importa o adversário e o placar que precisam conquistar. É um time que conquistou o respeito de todos pelo futebol apresentado e pelo que já conquistou nos últimos anos".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.