Franck Fife / AFP
Franck Fife / AFP

Thiago Silva desabafa após expulsão e recebe apoio de Neymar: 'aqui aconteceu igual'

Zagueiro e atacante foram expulsos em seus jogos por receberem dois cartões amarelos

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de abril de 2021 | 17h57

Dois titulares da seleção brasileira foram expulsos nos jogos de seus clubes neste sábado: Thiago Silva recebeu o vermelho na derrota do Chelsea para o West Bromwich na Inglaterra e Neymar no revés do PSG para o Lille na França. O zagueiro desabafou nas redes sociais após a partida por considerar que não era lance para expulsão, e recebeu o apoio do atacante.

"Acredito que não era um lance para expulsão, ainda não vi o vídeo, porém o árbitro tomou a decisão dele e nós não podemos mudar o que passou. Assumo a minha responsabilidade pela expulsão, que infelizmente afetou diretamente no resultado do jogo. Agora temos que juntar nossas forças, porque quarta-feira será uma outra batalha. Vamos, Chelsea", escreveu o defensor.

Thiago Silva recebeu um cartão amarelo aos cinco minutos de jogo e outro aos 29 do primeiro tempo, ao atingir adversário com carrinho após ele finalizar. O Chelsea vencia por 1 a 0 até aquele momento; depois, o West Bromwich virou e venceu por 5 a 2 em pleno Stamford Bridge.

Neymar deu apoio a Thiago Silva ao comentar na postagem. "Aqui aconteceu igual, irmão. Seguimos em frente. Simbora, nego!", escreveu o atacante. Mas a expulsão de Neymar saiu em um lance bem diferente: o atacante recebeu um amarelo após discutir com um adversário no meio do segundo tempo e outro já no acréscimos, após empurrar o zagueiro Djaló. O PSG já perdia por 1 a 0 para o Lille, que abriu três pontos para a equipe parisiense na liderança do Campeonato Francês. A discussão entre Neymar e Djaló prosseguiu no túnel e os dois precisaram ser apartados por seguranças.

Suspensos dos próximos jogos dos seus times pelas ligas nacionais, Thiago Silva e Neymar focam nas quartas da Liga dos Campeões: o Chelsea enfrenta o Porto, enquanto o PSG tem o Bayern de Munique pela frente. Ambos os jogos de ida serão na próxima quarta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.