Facundo Arrizabalaga/EFE
Facundo Arrizabalaga/EFE

Thiago Silva diz que PSG agora tem postura de vencedor na Europa

Zagueiro vai de vilão a herói na festa do time francês contra Chelsea

O Estado de S. Paulo

12 Março 2015 | 14h56

Herói da partida do PSG contra o Chelsea no mata-mata da Liga dos Campeões, Thiago Silva ressaltou a condição do time francês na Europa, a mudança de mentalidade, muito mais positiva agora, mesmo diante das adversidades de campo, como no jogo contra o Chelsea, e sua volta por cima após ter cometido pênalti porque estava mal-posicionado, como admitiu.

Em entrevista ao SporTV, o zagueiro da seleção brasileira marcou de cabeça, no segundo tempo da prorrogação da batalha de Londres, o gol que deu ao Paris-Saint Germain a vaga na fase de quarta de final da competição europeia, e pela quarta vez consecutiva.

Thiago Silva admitiu o erro no pênalti que gerou o gol de Hazard e que colocou novamente o Chelsea, de José Mourinho, em vantagem. "Com certeza foi uma bobagem ter levantado o braço, mas há várias explicações para isso. O meu posicionamento estava errado desde o início da jogada. Por isso eu assumo o erro. E isso faz parte", disse o zagueiro, que não imaginava que sairia da condição de vilão para a de herói na mesma partida.

"A melhor coisa foi ter tomado o gol naquele momento. Tínhamos a certeza de que poderíamos ganhar. Sabíamos que poderíamos fazer o gol a qualquer momento." O empate por 2 a 2 deu ao PSG a vaga porque na partida de Paris houve empate de 1 a 1. Como fez mais gols fora de casa, classificou-se. Thiago ressaltou a condição do PSG de continuar acreditando mesmo diante de situações adversas. "Antes, éramos muito negativos, tomávamos gol e o time acabava. Isso mudou." O capitão comentou ainda que passou um filme pela sua cabeça após ter cometido o pênalti. "Você acha que tudo vai por água abaixo."

O brasileiro, que ao lado de David Luiz foi o personagem do confronto, comentou ainda sobre a expulsão de Ibrahimovic ainda no primeiro tempo. Na sua opinião, o atacante não merecia receber o vermelho. Disse que o amarelo ficaria de bom tamanho. "O Diego Costa fez uma falta em mim muito pior e só tomou o amarelo." No vestiário, após a festa e a classificação, Ibra pediu desculpas aos companheiros e agradeceu o empenho de todos.

SELEÇÃO

Thiago Silva está no grupo de Dunga para os primeiros amistosos da seleção brasileira neste mês, contra França e Chile. Ele não participou porque estava suspenso da derrota do Brasil para a Alemanha na Copa do Mundo, por 7 a 1. Novamente no tema, disse que os jogadores do Brasil não entraram em campo naquele jogo. "Falhamos. Foi um desastre, mas um desastre em termos porque fizemos boas partidas antes. Uma vitória como a do PSG sempre recarrega o moral, te deixa mais tranquilo para a sequência."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.