Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Thiago Silva faz companhia a Paulinho e também é poupado de treino

Zagueiro ainda sente dores na perna direita após uma pancada sofrida durante semi contra Uruguai

ALMIR LEITE - Enviado especial, Agência Estado

28 de junho de 2013 | 16h54

RIO - Além do volante Paulinho, gripado, o zagueiro Thiago Silva foi poupado do treino da seleção brasileira, na tarde desta sexta-feira, em São Januário, no Rio. Ele ainda sente dores na perna direita, após uma pancada sofrida durante a semifinal contra o Uruguai, na última quarta, em Belo Horizonte. Apesar disso, o discurso da comissão técnica é que os dois não preocupam para a final da Copa das Confederações, neste domingo, contra a Espanha, no Maracanã.

Por causa da gripe, Paulinho nem foi para São Januário e ficou se recuperando no hotel. Thiago Silva, por sua vez, seguiu com a delegação para o estádio do Vasco, mas não entrou no campo, passando o tempo inteiro na academia. O zagueiro ainda sente as dores que, segundo ele, provocaram a sua falha no gol do Uruguai na vitória brasileira de quarta-feira por 2 a 1 - errou o passe dentro da área, o que permitiu que o atacante Cavani roubasse a bola e marcasse.

No treinamento desta sexta-feira em São Januário, os titulares da seleção brasileira passaram os 30 minutos iniciais reclusos na academia. Quando foram para o campo, foi apenas para fazer um trabalho leve, com corrida pelo gramado, alguns exercícios físicos e uma brincadeira descontraída com a bola. Enquanto isso, os jogadores reservas realizaram um treino de dois toques em campo reduzido e, depois, praticaram também cobranças de pênaltis.

A seleção brasileira fará mais um treino antes da final da Copa das Confederações. Será na tarde deste sábado, quando realiza o reconhecimento do gramado do Maracanã, palco da decisão de domingo contra a Espanha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.