Yorgos Karahalis/Reuters
Yorgos Karahalis/Reuters

Thiago Silva fica seis semanas fora e desfalca seleção

Capitão do Brasil não disputará amistosos contra Coreia do Sul e Zâmbia

AE, Agência Estado

24 de setembro de 2013 | 12h13

Depois de ter uma lesão muscular na coxa esquerda confirmada na última segunda-feira, o zagueiro Thiago Silva revelou nesta terça o tempo previsto para recuperação. O jogador do Paris Saint-Germain ficará cerca de seis semanas afastado dos gramados e, com isso, virou desfalque para a seleção brasileira nos amistosos diante da Coreia do Sul, no dia 12 de outubro, em Seul, e da Zâmbia, três dias depois, em Pequim, na China.

"Aí galera, tenho notícias, mas não muito boas. Mas que confesso que poderiam ter sido piores. Fiz o exame, e 6 semanas (de recuperação) pelo que os doutores falaram", escreveu o jogador em sua página no Instagram, antes de agradecer às mensagens de apoio de seus fãs.

A convocação de Luiz Felipe Scolari para estes amistosos acontecerá somente nesta quinta-feira, mas Thiago Silva, capitão da equipe, seria presença certa. Com a lesão, no entanto, ele se torna mais uma baixa de peso, uma vez que o goleiro Julio Cesar também está fora das duas partidas, depois de fraturar o dedo médio da mão esquerda ao tentar fazer uma defesa em um treino do Queen''s Park Rangers.

Se a previsão dos médicos forem confirmadas, Thiago Silva só voltará ao PSG no início de novembro, o que fará com que se torne desfalque em partidas importantes. Neste período, o clube francês terá dois compromissos pela Liga dos Campeões, diante do Benfica, dia 2 de outubro, em Paris, e do Anderlecht, dia 23, na Bélgica. O zagueiro ainda seria dúvida para enfrentar o próprio Anderlecht no returno, dia 5 de novembro, em casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.