Thiago volta a ser decisivo em título da Espanha Sub-21

A Espanha tem a melhor seleção do mundo na atualidade e, no que depender a sua nova geração, continuará assim por bastante tempo. Para isso, conta, curiosamente, com o talento brasileiro. Nesta segunda-feira, com três gols de Thiago Alcântara, filho de Mazinho, a equipe sub-21 espanhola conquistou pela segunda vez seguida o título europeu da categoria.

AE, Agência Estado

18 de junho de 2013 | 15h04

Thiago, que havia sido coadjuvante durante toda a campanha na Eurocopa Sub-21, que foi realizada em Israel, apareceu justamente na final, contra a Itália, país em que nasceu - unicamente porque Mazinho jogava no Bari na época. A Espanha foi campeã com outro brasileiro, o atacante Rodrigo, formado pelo Real Madrid mas que hoje defende o Benfica. Ele é filho de Adalberto, ex-jogador do Flamengo na década de 1980.

Nesta segunda, em Jerusalém (vale lembrar que Israel, por questões políticas, é filiado à Uefa mesmo ficando na Ásia), Thiago abriu o placar aos 6 minutos. Immobile empatou aos 10, mas o filho de Mazinho voltou a marcar aos 31 e aos 38, desta vez de pênalti.

Grande destaque da campanha espanhola, Isco, jogador do Málaga, fez o quarto gol, de pênalti também. A 10 minutos do fim, a Itália impediu uma goleada marcando com Borini. Se serve de consolo aos jovens italianos, o vexame foi menor do que na final da Eurocopa, quando a Espanha fez 4 a 0.

Esta é a quarta vez que a Espanha ganha o Europeu Sub-21, repetindo as conquistas de 1986, 1998 e 2011. Neste último título, tinha Azpilicueta, Javi Martínez e Mata, que hoje estão com a seleção principal jogando a Copa das Confederações.

E a nova geração parece ser ainda mais promissora. O time campeão tem, entre outros, o goleiro De Gea (Manchester United), Montoya e Bartra (zagueiros do Barcelona), Isco (disputado por Real e Manchester City), Morata (do Real Madrid) e Tello (atacante do Barcelona). A Itália teve como destaque Verratti, do PSG.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEspanhaEurocopa Sub-21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.