Arquivo/AE
Arquivo/AE

Thierry Henry faz doação para ajudar vítimas no Haiti

Sensibilizado pela tragédia, atacante da seleção francesa destina 56 mil euros para ajuda humanitária

AE, Agencia Estado

22 de janeiro de 2010 | 11h46

O atacante Thierry Henry, do Barcelona e da seleção francesa, doou 56 mil euros (cerca de R$ 142 mil) para a ONG Médicos Sem Fronteiras. O dinheiro será usado para ajudar as vítimas do terremoto no Haiti, ocorrido no dia 12.

"Tenho muitos amigos no Haiti, que é uma colônia francesa e, para mim, todos são como primos. Não é fácil ver o que estão passando e fico feliz em poder fazer algo para ajudar", declarou o jogador em entrevista ao site oficial do Barcelona.

Além da sensibilização natural causada pela tragédia, Henry relatou um caso semelhante com o qual ele teve maior proximidade. Em 1989, o furacão "Hugo" mudou a vida de cerca de 200 mil pessoas na ilha de Guadalupe, terra natal do pai do jogador, causando 56 mortes.

"Vi algo semelhante há 20 anos e percebi como isso mexeu com a vida das pessoas em Guadalupe. Imagino o que os haitianos estão passando. Acho muito importante que todos se mobilizem para ajudá-los e farei o que estiver ao meu alcance para diminuir o sofrimento destas pessoas", comentou.

Segundo o último balanço da Oficina de Coordenação de Assuntos Humanitários da ONU (OCHA), o terremoto causou pelo menos 75 mil mortes, além de ter deixado 250 mil feridos no Haiti.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolThierry HenryHaititerremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.