Thomás sonha com primeira Libertadores no Flamengo

O ano de 2011 foi especial para o atacante Thomás no Flamengo. Revelação das categorias de base do Flamengo, o jogador ganhou as suas primeiras oportunidades na equipe profissional com o técnico Vanderlei Luxemburgo. Agora, ele sonha em disputar a próxima Libertadores pelo clube. Nesta temporada, porém, participou da Libertadores Sub-20 e acredita que esta experiência pode ajudá-lo na competição continental em 2012.

AE, Agência Estado

10 de dezembro de 2011 | 11h16

"É uma competição diferente. Joguei a Libertadores no Sub-20 e percebi que tem diferença. A arbitragem é outra, os adversários jogam mais na força física, mas também tem qualidade. Acho que a nossa passagem lá em Lima, no peru, foi importante", disse Thomás, ao site oficial do clube.

Com apenas 18 anos, Thomás disputou nove partidas pelo Flamengo em 2011 e se tornou o "xodó" da torcida na reta final do Campeonato Brasileiro. "Foi um ano especial. Foi muito bom termos conseguido a classificação para a Libertadores, ainda mais que foi no jogo contra o Vasco. Vamos com tudo para o ano que vem. Quero agradecer a todos que me ajudaram. Agradecer ao pessoal da base, que me ajudou muito a chegar até aqui e ao técnico Luxemburgo que apostou no meu futebol, junto com sua comissão técnica principal", afirmou.

A revelação do Flamengo sonha com o primeiro gol pela equipe profissional e projeta uma temporada de sucesso no clube. "Penso neste golzinho, penso na comemoração. Ainda não sei se farei o Urubu-Dourado, vai depender do momento. Estou curtindo minhas férias e depois vou me dedicar muito, pois teremos um longo e importante ano. Vamos lutar na Copinha, depois no Carioca, na Libertadores e Brasileiro. Quem sabe a gente não vá até o final do ano buscar o Mundial", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoThomás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.