Thomaz é apresentado no São Paulo: 'Alegria imensa voltar ao clube que me formou'

Meia passou três anos no futebol boliviano

Paulo Favero, Estadao Conteudo

03 de abril de 2017 | 15h38

O meia Thomaz teve uma ascensão fulminante no São Paulo. Ele foi contratado na semana passada, foi inscrito no Paulistão na sexta-feira, já jogou contra o Linense no domingo e nesta segunda-feira foi apresentado oficialmente e ganhou a camisa 19 das mãos do diretor de futebol José Jacobson Neto.

"Eu fui para a Europa muito cedo e acabei perdendo mercado dos clubes grandes do Brasil, então fui para times menores. Aí fiquei três anos na Bolívia e veio a vitrine. Tanto que me nacionalizei boliviano, pois tive convite para jogar pela seleção de lá, mas parece que tem uma lei na Fifa e eu preciso esperar cinco anos. Não posso ser convocado ainda, mas meu pensamento é ser jogador no São Paulo", explicou.

Ele estava no Jorge Wilstermann, da Bolívia, e começou a chamar a atenção dos clubes brasileiros por causa de suas atuações na Copa Libertadores. O jogador de 30 anos acertou contrato válido por três temporadas e espera finalmente mostrar seu futebol para a torcida de seu próprio País.

"Primeiramente, é uma alegria imensa poder voltar ao clube que me formou, foi aqui que decidi que queria ser jogador de futebol. Clube grande necessita títulos e estou chegando para ajudar. Aqui é a cidade onde nasci, perto dos meus pais e meus amigos, tenho dois filhos e eles podem ficar perto dos avós. É uma oportunidade maravilhosa", disse.

O jogador espera entrar rapidamente em forma, pois contra o Palmeiras ele teve uma fratura no dedo e passou por uma pequena cirurgia. "Fiquei uns dias parados e treinei pouco. Vou tentar o mais rápido possível estar 100% para poder ajudar mais. Treinei duas vezes com o grupo e meu objetivo é conhecer mais meus companheiros", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.