Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Thomaz sai do banco e garante São Paulo com 100% no Morumbi

Meia entrou no intervalo, fez um gol e deu passe para o outro de Pratto

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

08 de junho de 2017 | 21h31

O São Paulo voltou a vencer no Campeonato Brasileiro e se manteve com 100% de aproveitamento no Morumbi na competição ao ganhar do Vitória por 2 a 0, nesta quinta-feira, pela quinta rodada. O herói do duelo foi o meia Thomaz, que entrou no intervalo no lugar do estreante Maicosuel, fez um gol e deu o passe para o outro de Lucas Pratto.

No primeiro tempo o São Paulo não deu a mínima chance para o Vitória, criou diversas chances, mas em todas parou no goleiro Fernando Miguel. Começando por Pratto logo no primeiro chute a gol, passando por Maicon e até na tentativa de Marcinho que foi para fora, com perigo. Na defesa os donos da casa tinham um bom posicionamento, mas faltava um maior poder de criação.

Maicosuel, estreante da noite no time tricolor, teve uma grande chance aos 26, numa cabeçada, mas Fernando Miguel espalmou e no rebote Pratto mandou por cima. Com muita movimentação, o atacante argentino dava carrinho, saída da área e procurava abrir espaços para seus companheiros. Teve duas outras chances, mas Fernando Miguel segurou uma e espalmou a outra.

Na etapa final, Ceni mexeu no time. Tirou Maicosuel e colocou Thomaz, e abriu mão do esquema com três zagueiro, deslocando Militão para o meio, para jogar de volante ao lado de Jucilei. O time continuou pressionando, mas ficou um pouco mais vulnerável aos contra-ataques do Vitória, a única arma do time baiano na partida.

Até que a pressão do São Paulo surtiu efeito. Marcinho roubou a bola no ataque e tocou para Pratto. O argentino viu Thomaz livre, tocou para o companheiro, que ajeitou e mandou no canto, abrindo o placar. O gol deu uma certa tranquilidade par o time, que voltou a se postar com três zagueiro na defesa.

Com a vantagem na mão, o São Paulo recuou e o duelo ficou aberto. O Vitória teve ótima chance de empatar, mas depois de duas grandes defesas de Renan Ribeiro, Militão salvou em cima da linha o chute de Paulinho. E mesmo com a pressão dos visitantes, o time da casa soube se segurar, fez um gol com Pratto nos acréscimos e garantiu a vitória.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Militão, Maicon e Lucão; Bruno, Cícero (João Schmidt), Jucilei e Júnior Tavares; Marcinho (Wellington Nem), Lucas Pratto e Maicosuel (Thomaz). Técnico: Rogério Ceni.

VITÓRIA: Fernando Miguel; Patric, Fred, Alan Costa e Thallyson; Willian Farias, Uillian Correia (Cleiton Xavier) e Gabriel Xavier (Todinho); David, Kieza e Neilton (Paulinho). Técnico: Alexandre Gallo.

Gols: Thomaz, aos 18, e Pratto, aos 47 minutos do 2º tempo.

Juiz: Rafael Traci (PR).

Cartões amarelos: Bruno e Willian Farias.

Renda: R$ 286.468,00.

Público: 12.536 pagantes.

Local: Morumbi, em São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.