Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Tiago Nunes admite atuação ruim do Corinthians em derrota em casa

Técnico fala em oscilação dentro da partida e promete evolução no decorrer da temporada

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de fevereiro de 2020 | 20h05

O técnico Tiago Nunes reconheceu a atuação ruim do Corinthians na derrota para a Inter de Limeira por 1 a 0, neste domingo, na Arena Corinthians, pela quinta rodada do Campeonato Paulista. De olho no segundo confronto contra o Guaraní, do Paraguai, nesta quarta-feira, em casa, pela segunda fase preliminar da Copa Libertadores, ele optou por mandar um time alternativo a campo e poupar os principais titulares. Apenas Cássio, Pedro Henrique, Cantillo e Everaldo começaram jogando.

No decorrer da partida, em desvantagem no placar, Tiago Nunes ainda lançou a campo Fagner, Vagner Love e Luan, mas não obteve sucesso. "Oscilamos momentos bons e outros ruins. É um processo natural, mas no Corinthians a gente sabe que precisa mais. Temos sabedoria que estamos em processo de evolução e vamos evoluir", previu.

"Ao mesmo tempo também temos de entregar resultado imediato. Na quarta-feira temos de dar uma resposta imediata, com muito respeito ao adversário, para que a gente possa voltar a normalidade e sonhando com uma temporada muito boa", prosseguiu o treinador corintiano.

Na visão de Tiago Nunes, o time se mostrou desconcentrado e não tomou decisões corretas em determinados momentos da derrota para a Inter de Limeira, o que gerou erros que não ocorrem em condições normais, principalmente no setor defensivo.

"Não é só concentração, estava todo mudo querendo vencer, lutando. Muitas vezes é importante tomar decisão. Em um time que está se formando, e hoje não era a equipe que vinha jogando, a falta dessa decisão causa erros de interpretação, que acabaram ocorrendo de maneira maior", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.